quarta-feira, 12 de setembro de 2012

INVESTIMENTOS EM DEFESA DO PAÍS SÃO DEFENDIDOS EM REUNIÃO DO FÓRUM


O estímulo à instituição de uma base logística de defesa para o País foi a tese defendida pelo coordenador do Núcleo de Estudos e Defesas, que funciona na Universidade Federal Fluminense (UFF), Eduardo Brick. A afirmação foi feita nesta quarta-feira (12/09), durante a terceira reunião da Câmara Setorial de Gestão e Políticas Públicas do Fórum Permanente de Desenvolvimento Estratégico do Estado. “O Brasil é o único do grupo de países com PIB grande que está muito atrás nesse investimento em capacitações militares, científicas, tecnológicas e industriais. Por ser um país com diversas riquezas a defesa não pode ser um fato irrelevante. É necessário preocupação, principalmente porque países como os EUA não reconhecem o nosso Pré-Sal como sendo nosso, por exemplo”, afirmou Brick.  



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Galeria de Fotos