terça-feira, 30 de agosto de 2011

COMISSÃO CONTRA PIRATARIA VAI VISITAR O IPEM

Mais de 70 milhões de pessoas consomem produtos piratas no Brasil, o que faz com que o País, hoje, perca cerca de R$ 30 bilhões por ano, em impostos não pagos, prejuízo para fabricantes e para lojistas. Dentre os produtos mais falsificados no Brasil, de acordo com uma pesquisa da Federação do Comércio do Rio (Fecomercio-RJ), estão autopeças, cds, dvds, roupas, combustíveis e cigarros. Todos esses dados foram debatidos durante audiência pública da Comissão para Prevenir e Combater a Pirataria da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), presidida pelo deputado Samuquinha (PR), nesta terça-feira (30//08). Vice-presidente da comissão, Odeputado Alessandro Calazans (PMN) disse que o colegiado irá visitar o Instituto de Pesos e Medidas do estado do Rio de Janeiro (IPEM), órgão que fiscaliza a autenticidade de produtos comercializados e fabricados no estado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Galeria de Fotos