quarta-feira, 15 de junho de 2011

CPI DIZ QUE CBF PODE PERDER TERRENO NA BARRA DA TIJUCA

Presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) criada para investigar denúncias contra o 9º Cartório de Registro Geral de Imóveis, relativas às inscrições de matrículas, escriturações e anotações de imóveis situados na Barra da Tijuca e no Recreio dos Bandeirantes, o deputado Paulo Ramos (PDT) alertou que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) corre o risco de perder a propriedade do terreno comprado na Barra da Tijuca. A afirmação foi feita durante reunião nesta quarta feira (15/06). O parlamentar disse, ainda, que pode reconvocar o diretor jurídico da confederação, Carlos Eugênio Lopes. “A CBF fez questão de dizer que tinha certeza da titularidade da propriedade e nós estamos verificando que, na verdade, o terreno é uma área pública. Então, diante das provas colhidas, talvez tenhamos a necessidade de ouvi-los novamente”, frisou o pedetista.

Ouça matéria na Rádio Alerj.


Um comentário:

Galeria de Fotos