sexta-feira, 21 de agosto de 2009

COMISSÃO LEVA A NOVA IGUAÇU AUDIÊNCIA ITINERANTE DE COMBATE AO RACISMO

A implantação de mecanismos de denúncia nos municípios, a fiscalização da lei que inclui no currículo oficial da rede de ensino a obrigatoriedade das aulas de História e Cultura Afro-Brasileira e uma maior representatividade da Coordenadoria de Políticas Públicas de Promoção da Igualdade Racial (Coppir) de Nova Iguaçu foram as principais reivindicações dos movimentos negros na VI audiência itinerante “Ações de Enfrentamento ao Racismo”. O evento, realizado, nesta quinta-feira (20/08), pela Comissão de Combate às Discriminações de Raça, Cor, Etnia, Religião e Procedência Nacional da Assembleia Legislativa do Rio, aconteceu na Câmara de Vereadores da cidade da Baixada Fluminense. “É essencial que a câmara possa estar junto com a Alerj na elaboração de leis e para propor um orçamento que permita a realização de ações e projetos que venham a tornar realidade a inclusão dos negros nas políticas públicas”, salientou a presidente da comissão, deputada Beatriz Santos (PRB).

LEIA A MATÉRIA COMPLETA
VEJA FOTOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Galeria de Fotos