quinta-feira, 7 de março de 2013

CPI ENVIARÁ RELATÓRIO AO MP E QUER FORÇA POLICIAL PARA OUVIR DEPOENTE


A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) que investiga denúncias contra as universidades particulares do estado, presidida pelo deputado Paulo Ramos (PDT), suspendeu os trabalhos do grupo, nesta quinta-feira (07/03), para começar a elaborar o relatório final da CPI, que será concluído até o final de março para, então, ser entregue ao Ministério Público Estadual e ao Federal. O colegiado esperava ouvir nesta manhã o presidente da União Nacional das Instituições de Ensino Superior Privadas (Uniesp), José Fernando Costa, e o gestor do Grupo Galileo Educacional, Adenor Gonçalves, que não compareceram.  Segundo Ramos, a ausência deles não atrapalha os trabalhos da CPI, que a qualquer momento pode ser retomada para ouvir os depoentes que não compareceram. “Vamos solicitar que o Adenor Gonçalves venha através de força policial”, disse Ramos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Galeria de Fotos