terça-feira, 8 de maio de 2012

LAN HOUSES PASSAM A TER STATUS DE ESPECIAL INTERESSE SOCIAL


Agora é lei: os Centros de Inclusão Digital (CID), também conhecidos como lan houses, foram considerados serviços de especial interesse social e entidades de serviços multipropósitos. A medida – mote da lei 6.235/12, publicada no Diário Oficial do Executivo desta terça-feira (08/05) – busca, segundo seu autor, deputado Marcelo Freixo (PSol), tirar estes estabelecimentos da marginalidade. Para isso, estabelece uma série de regras com a intenção de ampliar a contribuição destes espaços na educação e cultura fluminenses. Em plenário, Freixo contou que a proposição nasceu após reuniões com donos destes estabelecimentos. “Hoje, 50% das lan houses do Rio de Janeiro são ilegais, porque não têm estímulo; não são vistas como uma solução. Não só é importantíssimo esse reconhecimento legislativo, como políticas públicas têm que surgir, a partir daqui, para que possamos vê-las crescendo, sendo aproveitadas, sobretudo na classes C e D”, argumentou Freixo, informando que há 130 lan houses só na Rocinha.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Galeria de Fotos