quinta-feira, 1 de março de 2012

DENÚNCIAS DO COORDENADOR DO AFROREGGAE SERÃO APURADAS POR COMISSÃO


A Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) vai acompanhar o caso do coordenador do grupo AfroReggae, José Júnior, que declarou estar sofrendo ameaças por parte do líder da Assembleia de Deus dos Últimos Dias, pastor Marcos Pereira da Silva. A decisão foi anunciada nesta quarta-feira (29/02) pelo presidente da comissão, deputado Marcelo Freixo (PSol), que recebeu José Júnior. “A comissão não tem poder de polícia. Por isso, o que podemos fazer é acompanhar o caso, documentar e encaminhar nossas considerações aos órgãos competentes”, disse Freixo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Galeria de Fotos