quarta-feira, 4 de agosto de 2010

ALERJ – ORDEM DO DIA 04/08 (QUARTA-FEIRA)

ALERJ VOTA CRIAÇÃO DE REDE DE ATENDIMENTO ONCOLÓGICO

O Estado do Rio poderá criar uma rede integrada de atendimento e acompanhamento de casos de câncer. É o que determina o projeto de lei 3.447/06, que a Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) vota nesta quarta-feira (04/08), em segunda discussão. A proposta, assinada pela deputada Graça Matos (PMDB), estabelece que a rede, a partir de convênios com entidades públicas, privadas e não governamentais, regule o fluxo de pacientes em tratamento no estado e serviços de diagnóstico, cirurgias e cuidados paliativos. “Este projeto se propõe a oferecer uma ferramenta capaz de levar o tratamento de câncer aos pacientes, dentro de seus municípios, próximos às suas residências, humanizando o atendimento, resgatando a cidadania e dignidade”, argumenta a parlamentar, que prevê o estabelecimento de uma programação “pactuada em bases sólidas e factíveis, organizada, integrada e regionalizada, com hierarquização e fluxos definidos”.

De acordo com o texto, a Rede de Atenção Oncológica do Estado do Rio de Janeiro irá organizar, integrar, regionalizar e hierarquizar fluxos da assistência, oferecendo prevenção e detecção precoce “com o grande foco para modificar os indicadores de incidência e mortalidade”. Ela também deverá ampliar a cobertura de exames preventivos, como o Papanicolau (que detecta câncer no útero) e propor campanhas permanentes de informação. O texto ainda especifica que as dotações orçamentárias para tratamento de câncer passem a ser destinadas à rede.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Galeria de Fotos