quinta-feira, 20 de maio de 2010

RIO PODERIA TER MAIS DUAS FROTAS PARA O COMBATE À DENGUE, DIZ CORONEL

A Comissão de Trabalho, Legislação Social e Seguridade Social da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) quer contribuir com as investigações do Tribunal de Contas do Estado (TCE) sobre a denúncia de superfaturamento em contratos firmados entre a Secretaria de Estado de Saúde e Defesa Civil (Sesdec) e a empresa Toesa Service, que realiza a manutenção dos veículos usados no controle de epidemias. O anúncio foi feito depois que o tenente-coronel José Carlos da Cunha, ex-diretor da Divisão de Manutenção de Carros da Dengue, revelou, em audiência nesta quarta-feira (19/05), que o estado paga R$ 5,5 milhões por ano pela manutenção de 122 carros, valor que, ainda de acordo com ele, poderia ser usado para a aquisição de mais duas frotas e meia de veículos novos. “Vamos aguardar a conclusão da inspeção especial que está sendo realizada pelo TCE e do inquérito civil público aberto no Ministério Público Estadual sobre o contrato e o processo de licitação para vermos como poderemos contribuir”, afirmou o presidente da comissão, deputado Paulo Ramos (PDT).

Ouça a entrevista do deputado Paulo Ramos: http://alerj.posterous.com/deputado-paulo-ramos-defende-criacao-de-cpi-p


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Galeria de Fotos