quinta-feira, 15 de abril de 2010

CPI RECEBE DENÚNCIA DE IRREGULARIDADES NA DISTRIBUIÇÃO DE PROCESSOS

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa do Rio criada para investigar o tráfico de influência e a venda de sentenças judiciais no processo eleitoral recebeu denúncias de supostas irregularidades na distribuição de processos no Tribunal de Justiça do Estado do Rio (TJ-RJ). A suspeita foi levantada pelo advogado Carlos Frederico Gama, ouvido pela CPI nesta quinta-feira (15/04). Gama disse que, em cinco processos, teve problemas não só com a distribuição irregular, mas também com o desaparecimento de documentos. Segundo o presidente da comissão, deputado Paulo Ramos (PDT), foi o próprio advogado quem procurou a comissão. “Já tínhamos recebido esta documentação. Ele afirma ter conhecimento de manipulação em situações que viveu como advogado e, é claro, temos que levar em consideração. Podemos encaminhar o caso ao Conselho Nacional de Justiça ou à própria Corregedoria do TJ”, explicou o parlamentar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Galeria de Fotos