terça-feira, 13 de abril de 2010

COMISSÃO CRIA GRUPO PARA DEBATER POLÍTICAS PARA ESCLEROSE MÚLTIPLA

A Comissão de Defesa de Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa do Rio criou um grupo de trabalho para debater políticas públicas voltadas aos pacientes de esclerose múltipla. O objetivo do grupo, organizado durante audiência pública, nesta terça-feira (13/04), será identificar os centros de atendimento existentes para este tipo de doença neurológica e os pacientes do estado, além de gerar um registro dos medicamentos disponibilizados. De acordo com o presidente da comissão, deputado Marcelo Freixo (PSol), para ter ação é fundamental que se obtenha informação. “Sem os dados referentes à esclerose múltipla, o Governo não sabe direito quantos pacientes tem, de quais medicamentos fazem uso e onde os utilizam. Desta forma é muito difícil que a política pública de Saúde seja eficaz. Com isso, é crescente o número de ações na Justiça para a obtenção de medicamentos quando eles deveriam chegar aos pacientes de forma automática”, frisou o parlamentar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Galeria de Fotos