sexta-feira, 5 de março de 2010

CPI OUVE TESTEMUNHAS LIGADAS À EMPRESA DE TURISMO E A DESEMBARGADOR

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa do Rio criada para investigar denúncias de tráfico de influência e venda de sentenças judiciais no processo eleitoral vai realizar uma reunião na próxima quinta-feira (11/03), às 10h30, na sala 311 do Palácio Tiradentes. O objetivo da CPI será ouvir Marcos Antônio Batista de Oliveira, ex-funcionário da empresa de turismo Made in Brazil, e Ronaldo Mesquita, ex-assessor do desembargador Alberto Motta Moraes. A empresa tinha como sócios os irmãos Raul Fernando, Jorge e Guilhermo Davies. “Segundo denúncia do jornal ‘O Globo’ publicada no dia 8 de novembro, os irmãos são alvo de inquérito da Polícia Federal que apura a lavagem de dinheiro e seriam donos da conta ‘Kiesser’, aberta no Uruguai para criar um duto de evasão de divisas do Brasil. Queremos ouvir mais testemunhas em busca de provas”, frisou o presidente da CPI, deputado Paulo Ramos (PDT).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Galeria de Fotos