quarta-feira, 17 de março de 2010

ARRECADAÇÃO DE RIO DAS OSTRAS CAIRÁ DE R$ 216 MILHÕES PARA R$ 1 MILHÃO

O prefeito de Rio das Ostras, Carlos Augusto, espera sensibilizar o Congresso Nacional para reverter a emenda federal que tira a maior parte dos royalties do petróleo e gás do Estado do Rio de Janeiro, lembrando que seu município sairá de R$ 216 milhões de recebimento por ano de royalties para R$ 1,1 milhões. A declaração foi feita durante o ato de protesto organizado pelo Fórum de Desenvolvimento Estratégico da Assembleia Legislativa do Rio, órgão que reúne 28 entidades da sociedade civil, dentre elas a Firjan, a Fecomercio, a Federação da Agricultura e as universidades estaduais, nesta terça-feira (16/03), no Palácio Tiradentes.“A emenda levará ao caos o município de Rio das Ostras, que é o que mais cresce do estado. Nós saímos, em 2005, de 45 habitantes, para mais de 96 mil, em 2009, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Não tem como atender a todas essas demandas sem os royalties”, justificou o prefeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Galeria de Fotos