segunda-feira, 29 de março de 2010

AMIR HADDAD É HOMENAGEADO PELA COMISSÃO DE CULTURA

A luta para manter vivos o teatro e as manifestações de rua rendeu ao diretor e professor Amir Haddad uma moção de aplauso e congratulações de iniciativa do presidente da Comissão de Cultura da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), deputado Alessandro Molon (PT). A entrega foi feita na manhã desta segunda-feira (29/03), em solenidade realizada no auditório Senador Nelson Carneiro, onde foi premiado também o Instituto Tá na Rua, do qual Haddad é criador. O grupo completa 30 anos em 2010, porém, segundo o próprio, sem uma data de criação específica. Para Molon, homenagear Haddad é também uma maneira de mostrar insatisfação com a desconfiança com que as manifestações culturais de rua vêm sendo tratadas atualmente. “Não podemos tolerar a ideia de que a cultura provoca desordem. Gente como o Amir nos faz refletir sobre a cidadania, e pensar nessa utopia de uma sociedade com espaço para todos. Só é possível construir o mundo que sonhamos se existir acesso à cultura. Ela é fundamental para uma mudança na política e para superar diversos problemas de saúde, por exemplo. Por que abrir mão disso?”, argumentou o petista, que pretende entregar, até o mês de maio, título de cidadão do estado ao teatrólogo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Galeria de Fotos