quinta-feira, 4 de março de 2010

ALERJ APROVA CARGOS NA DEFENSORIA GARANTINDO VAGAS DE ENSINO MÉDIO

A Assembleia Legislativa do Rio aprovou, nesta quarta-feira (03/03), em discussão única, o projeto de lei 2.877/10, do Poder Executivo, que cria cargos de apoio administrativo na estrutura da Defensoria Pública Geral do Estado do Rio. O texto foi aprovado com três emendas que, além de determinar que os funcionários cedidos permaneçam á disposição da Defensoria, alteram um dos grupos estabelecidos, transformando em nível médio as 350 vagas inicialmente destinadas a técnico superior de Defensoria Pública. A mudança não altera o número de vagas a serem oferecidas, que continuarão sendo 800. Serão 400 vagas para técnico superior jurídico, 350 para técnico nível médio de Defensoria Pública e 50 de técnico superior especializado nas áreas de informática, engenharia, contabilidade, entre outras. “Entendemos que a única reivindicação que poderia, e deveria, ser atendida, por ser pertinente, seria a ampliação do alcance do concurso, a extensão dessa possibilidade a auxiliares de nível médio", disse o líder do Governo na Casa, deputado Paulo Melo (PMDB). Segundo a proposta, os salários variarão de R$ 2,3 mil a R$ 3,2 mil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Galeria de Fotos