segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

DEPUTADO PEDE FIM DE ACORDOS QUE FIXAM SALÁRIO MENOR QUE PISO REGIONAL

Acabar com a prática de empresas que fazem convenções coletivas de Trabalho (CCT) – acordos anuais que ocorrem na data-base das categorias – com seus empregados para pagarem a eles um valor mensal menor do que o salário mínimo estadual é a intenção do presidente da Comissão de Trabalho, Legislação Social e Seguridade Social da Assembleia Legislativa do Rio, deputado Paulo Ramos (PDT). O parlamentar disse, durante audiência pública realizada no Plenário Barbosa Lima Sobrinho, nesta segunda-feira (07/12), que pretende apresentar esta medida como uma das emendas à proposta de piso salarial que será feita pelo Poder Executivo em mensagem que o Governo enviará à Casa nos próximos dias. “Os sindicatos querem recuperar percentualmente a diferença de piso salarial quando da sua criação, que hoje gira em torno de 21%, e querem impedir que acordos coletivos fixem uma remuneração menor do que o legislado”, ponderou o pedetista.

LEIA A MATÉRIA COMPLETA
VEJA FOTOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Galeria de Fotos