quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

CPI É INSTALADA E APROVA CONVOCAÇÃO DE RASCHKOVSKY PARA O DIA 9

A convocação do empresário e estudante de Direito Eduardo Raschkovsky para depor na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar denúncias de tráfico de influência e venda de sentenças judiciais no processo eleitoral foi aprovada, nesta quarta-feira (02/12), durante a instalação da CPI. Raschkovsky será o primeiro a prestar esclarecimentos nas reuniões da nova comissão e a sua participação está marcada para acontecer na próxima quarta-feira (09/12), às 11h, na sala 311 do Palácio Tiradentes. O pedido de um serviço telefônico gratuito para receber denúncias da população e um requerimento de informações ao Tribunal Regional Eleitoral sobre a listagem de todos os candidatos que tiveram seus registros de candidaturas impugnados nas últimas duas eleições, de 2006 e 2008, também foram aprovados pelos membros da comissão. “Um pleito que deve ser democrático não pode ser viciado. Decidir ou não os vitoriosos pela possibilidade de definir o registro de uma candidatura em troca de dinheiro é inaceitável. O tema é delicado, importante, e a apuração é necessária. Temos recebido apoio da própria magistratura que considera esta CPI fundamental”, frisou o presidente do colegiado, deputado Paulo Ramos (PDT).

LEIA A MATÉRIA COMPLETA
VEJA FOTOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Galeria de Fotos