quarta-feira, 25 de novembro de 2009

COMISSÃO INVESTIGA FALTA DE GERADORES EM HOSPITAIS NO DIA DO APAGÃO

A Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) vai investigar as empresas que estão prestando serviço de geração de energia emergencial aos hospitais públicos, já que o equipamento não funcionou em muitos hospitais da rede pública durante o apagão do último dia 10. A decisão foi tomada em audiência pública da comissão, nesta terça-feira (24/11), no Palácio Tiradentes. De acordo com o presidente da comissão, deputado Átila Nunes (PSL), o Hospital Carlos Chagas registrou três mortes no período de 10h30 às 3h – mesmo horário do apagão que atingiu 18 estados brasileiros. “Vou chamar a empresa terceirizada responsável pelo fornecimento e manutenção do gerador de energia do hospital, para prestar esclarecimentos da pane ocorrida e, se for comprovado que estas mortes foram originadas pela falta de luz, é caso de responsabilidade criminal”, afirmou o parlamentar, que também pedirá à Secretaria estadual de Saúde a relação completa das empresas que fornecem o mesmo equipamento para outros hospitais públicos e analisará, junto ao Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do estado, Crea-RJ, se elas estão executando corretamente o serviço.

LEIA A MATÉRIA COMPLETA
VEJA FOTOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Galeria de Fotos