quinta-feira, 8 de outubro de 2009

EXAME GINECOLÓGICO NA REDE PÚBLICA SERÁ MAIS PRECISO

O exame Papanicolau, que examina células coletadas no colo do útero, poderá incluir o teste de Schiller na rede pública de saúde do Estado. É o que determina o projeto de lei 1.505/08, do deputado Tucalo (PP), que a Assembleia Legislativa do Rio aprovou, em segunda discussão nesta quarta-feira (07/10). Segundo o parlamentar, o teste, onde é colocada uma solução iodada no colo do útero, para detectar áreas suspeitas, aumentará a eficácia do diagnóstico de câncer de colo de útero – um dos mais comuns. “O câncer do colo uterino apresenta um dos mais altos potenciais de prevenção e cura, chegando perto de 100%, quando diagnosticado precocemente. Todavia, a identificação apenas pelo exame de Papanicolaou pode apresentar falha, acusando falsos negativos. Por isso a sua associação a outros exames a exemplo do teste de Schiller”, explica. O texto será enviado ao governador Sérgio Cabral, que terá 15 dias úteis para sancionar ou vetar a proposta.

LEIA A MATÉRIA COMPLETA
VEJA FOTOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Galeria de Fotos